Social Media

Kiss and Tell

2/07/2017


Manhattan School of Music Residence, July 06, 2016
(Dia Internacional do Beijo)


Manhã de verão em NYC: quarta-feira e meu compromisso era às 10:30h. Eu já me sentia cansada como se fosse sexta-feira e já estava atrasada, com vontade de desmarcar. Tive um pesadelo à noite com meus cachorros e não consegui dormir direito.
Anyway, precisava sair para encontrar outro lugar para morar porque a residência da escola é para quem está estudando e eu não estou mais, então...
Depois de procurar em várias imobiliárias e grupos relacionados ao assunto no Facebook, achei quartos lindos para alugar no Airbnb - um deles no East Village, marcado para visitação hoje às 10:30h e remarcado para às 11h.
"Não quero ir. Não vou ter dinheiro para pagar mesmo." Mas o proprietário está sendo tão educado remarcando que é melhor eu ir - por educação também.

Minha estação - a mesma de "The secret life of Walter Mitty" (2013) - coincidência ou destino?

Batom vermelho e quase 1 hora depois... lá estava eu - me guiando com o Google maps no celular, e na esquina da rua onde estava localizado o apartamento, uma agência do banco Santander (onde minha irmã trabalha no Brasil) - coincidência ou destino?
Mensagem no celular: cheguei!

Avistei o edifício de longe e ao vê-lo sair, atravessei a rua em sua direção. Lindo e loiro... não, nem tanto assim, mas ele era sim, loiro, alto, e tinha belos olhos azuis - tom de céu de Outono - que te encaram sem hesitar, são capazes de ler a alma e ficam atentos à toda fala e gestos alheios. O boné na cabeça e o jeito de se vestir disfarçavam os 42 anos de idade. Não foi atração física. Foi algo mais. "Imagina se ele se apaixonasse por você."

Handshake:
- Hi! I'm Thereza. Nice to meet you.
- ... ... (Imaginando um nome fictício.. ah! Já sei, David Aames - de Vanilla Sky)

Não lembro mais do nosso diálogo completo, só sei que o que aconteceu na próxima meia hora (aproximadamente - porque, sinceramente, perdi a noção do tempo) foi surreal...


- Where are you from?
- I'm from BR..
- Cool, my ex girlfriend was from BR!

- What do you do?
- I'm an architect..
- My parents are architects!

- I like work more with landscape design and urban planning..
- My parents are specialists in these areas!
- Oh! Maybe they can find me a job..
- They live in Seattle..
"I love Seattle!" Só pensei, vocês sabem... já postei algumas vezes por aqui ♡ inclusive há uns dias atrás estava assistindo 'Sleepless In Seattle' pela milésima vez! rsrs...

- I wanna change my career to fashion.
- I know some people in fashion, maybe I could help you. In which part are you interested?
- Fashion Editorials, for magazines.. fashion photography, you know?
- I'm a photographer!

The corner of my affection - blessed by the church!

Ok. Deep breath.
Por dentro eu estava gritando, louca e descabelada, mas por fora - totalmente blasé, you know? Trying to keep it cool. "Claro, conheço vários fotógrafos em NY.." #sóquenão

Do terraço do apartamento (sim, o prédio tinha um terraço em comum para todos os aptos - e para Nova York isso vale ouro) era possível avistar o Empire State Building de um lado e a torre de uma bela igreja do outro. Mas o calor escaldante me deixou sem paciência para apreciar a vista (e a companhia). Então, agradeci e comecei a me despedir.

Lembra dessa cena de 'Aladdin' (1992)? então... 
ALADDIN: Well, it's not much, (he pulls back the curtain and exposes the palace) 
but it's got a great view!

Conversamos mais, sentados na mesa de sua cozinha - muito curioso esse David e mostrando interesse... "por mim ou apenas para lugar o quarto?"

O apartamento realmente era muito interessante, bem ventilado e com boa iluminação natural - de frente para a rua, 3 quartos, sala, varanda (com churrasqueira para barbecues!) - completamente fora da minha realidade e do meu orçamento :( Pra que enrolar mais então? Parecia que ele tinha gostado mesmo de mim, porque não parava de fazer perguntas e tentar me ajudar, sei lá, com um tipo de apoio moral e frases positivas: ".. vai ser difícil, mas é possível.. você conseguiu abrir um escritório no BR, pode começar do zero aqui também.."

Paramos no lobby com um de seus vizinhos, que fez questão de me apresentar e não me deixou ir embora até dispensar o cara primeiro. Estavam falando de viagens e trabalho. "Posso ir agora?"
Ele andou comigo até a esquina, falando sobre o bairro e explicando onde era a estação mais próxima.

- Are you wearing comfortable shoes?

Na despedida, mais uma surpresa. Beijo no rosto - com a intimidade de um brasileiro! rsrs... E com a intimidade de quem já se conhece há anos. (maybe... who knows... coincidência? Destino?)

Algumas quadras à frente, não pude conter a alegria - depois de uns dias passando apertos para me virar sozinha nessa cidade louca - finalmente uma coisa boa, um anjo que colocaram no meu caminho para me ajudar! "Obrigada, vó!"

When life imitates cinema - you need a soundtrack!


To be continued..

No comments:

Post a Comment